Conheça os carboidratos – os bons e os maus

Os carboidratos são encontrados nos alimentos na forma de amido ou açúcar.O amido, também conhecido como carboidrato complexo, está presente em pães, cereais matinais, arroz, macarrão, batata e milho. Esse tipo de carboidrato fornece ao organismo a energia necessária para as funções normais diárias.

1 – Tente limitar a ingestão de alimentos com carboidratos refinados, como açúcar, doces e biscoitos. (Os carboidratos podem ser refinados ou não refinados, dependendo da quantidade de refinos que o alimento sofreu.) Eles proporcionam um rápido aumento de energia, mas de curto efeito.

2 – Escolha alimentos ricos em carboidratos na forma de grãos e cereais integrais e leguminosas, como grão-de-bico e feijão. A longo prazo eles fornecem mais energia que as variedades refinadas, como arroz e pão brancos, e contêm mais nutrientes essenciais.

3 – Faça experiências culinárias com a grande variedade de grãos integrais atualmente disponíveis no mercado – painço, centeio, trigo-mourisco, além dos grãos “antigos” redescobertos, como espelta, kamut, quinoa e amaranto. Uma vantagem a mais é que, ao comprar esses grãos, você estará apoiando a diversidade de culturas.

4 – Tenha como objetivo servir feijão, ervilha ou lentilha no almoço ou jantar todos os dias, ou pelo menos umas duas vezes por semana. Disfarce-os na refeição familiar: acrescente feijão ao espaguete à bolonhesa ou amasse uma xícara de feijão-manteiga no purê de batata ou de abóbora.

5 – No lanche, coma sementes cruas de gergelim, girassol ou abóbora, ou salpique-as sobre as saladas. Também ficam ótimas em massas, legumes no vapor ou ensopados.

Compartilhe!
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
Show Buttons
Hide Buttons